>

Ministério da Educação cancela prova do Enem.



"O Ministério da Educação e Cultura (MEC) cancelou a prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), que seria aplicada neste final de semana, informou a assessoria de comunicação social do MEC.

De acordo com informações do jornal O Estado de São Paulo, o motivo do cancelamento seria o vazamento de parte do conteúdo da prova. A decisão teria sido tomada pelo ministro Fernando Haddad, que foi alertado pela reportagem do jornal paulista. O presidente do Inep, instituto responsável pelo Enem, teria afirmado por telefone ao Estado que há “99% de chance” da quebra do sigilo ter ocorrido.

Ainda segundo a reportagem, na tarde da última quarta-feira (30), o jornal foi procurado por um homem que disse, ao telefone, ter as duas provas que seriam aplicadas no fim de semana. Ele teria proposto entregar o material ao jornal por R$ 500 mil.

A reportagem informou ainda que as questões originais estavam guardadas em um cofre, que foi aberto ontem à noite para confirmar a informação e que Haddad confirmou o vazamento ao consultar técnicos do Inep. Ainda segundo o texto do Estado, o vazamento teria ocorrido, provavelmente, na gráfica onde a prova seria impressa.

O MEC planeja realizar o exame em 45 dias, já que haveria uma versão da prova do Enem pronta para substituir a que foi cancelada, mas ainda não está confirmado se essa versão poderá ser utilizada.

O Enem estava marcado para este sábado (3) e domingo (4) e seria aplicado a 4,1 milhões de candidatos em 1,8 mil cidades do País. Em Pernambuco, há mais de 231 mil candidatos inscritos no exame."



Não gostei disso, mas pior seria se todos já tivesse feito a prova.
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

MieL disse...

Tenho impressão que esse boneco do enem tá dando uma espécie de hadouken, sodouken ou kame-hameha. Acho não só fomos nós que ficamos revoltados..

Droga de Brasil corrupto, agora é mas um mês de tensão.

Postar um comentário

Prometo que te respondo, tá? ;}