>

cinco & vinte.




Vou dizer, em: Essa vida é mesmo uma balança. Cada lado pesa diferente. Explico: Estou super cansada de ficar em casa dia e noite sem fazer nada, só passando o dia em frente ao pc e estragando minha ex perfeita visão. Depois, por ser a única a não fazer nada por aqui, tenho “obrigação” de faxinar a casa inteira. Peraí! me deixa generalizar: Tirando o amor, o resto ta tudo ruim. Pronto! 



Nove dias atrás foi meu aniversário de vinte anos. Sabe o que eu pensava quando tinha onze? “Quando eu tiver vinte anos, vou estar casada e trabalhando”. Acho que pensei assim até os quinze anos, mas aí os vinte chegam e eu me sinto e ajo como se ainda tivesse dezesseis/dezessete anos. Sei lá. Preciso me ocupar e para de pensar nessas coisas, aí o tempo passa bem rápido e eu vou trabalhar e depois casar e ser feliz na alegria e na tristeza, na saúde e na doença até que a morte nos separe. Sofá vermelho, fusca, paris, dias de chuvas juntinhos, sábados à noite, domingos à tarde...

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

MieL disse...

Sofá vermelho, fusca, paris, dias de chuvas juntinhos, sábados à noite, domingos à tarde... vc verá acontecer, é só uma questão de tempo!

Olga M. disse...

Sempre é preciso um sentido para se viver.

Postar um comentário

Prometo que te respondo, tá? ;}