>

... Feriadão.




Eu até quero contar sobre meu feriadão, mas to com preguiça e cansada. 3 dias e 1 noite (em Itamaracá) de praia e sol pegando fogo deixa o corpo mole e os olhos ardendo, né? Fui na sexta à noite, minha irmã, papai, mainha e eu. Chegamos na verdade pra dormir, já era quase meia noite e a euforia acabou assim que tiramos tudo do carro e organizamos na casa. No dia seguinte acordei com dor no pescoço por causa do colchão fino demais, tava começando a odiar a viagem. Meio dia chegou o resto da galera e foi todo mundo à praia, logo, esqueci minha dor no pescoço. Final da tarde é a hora de caçar Tatuí, ah, caçar Tatuí é nostálgico demais. Há 9 anos atrás tínhamos uma casa lá mesmo em Itamaracá e caçar Tatuí no final de semana era certo. Bem, a praia mudou, digo, não é mais deserta como era e agora tem concorrência na caçada do Tatuí, mas mesmo assim enchemos o baldezinho da minha prima brincar de fazer castelinho na areia. Voltamos pra casa já pensando em comer Tatuí fritado na manteiga com coca-cola. Sim, Tatuí é gostoso. À noite começava as disputas de dominó, não gosto de jogar, mas pelo menos das gritarias e risadas eu participava.  A melhor hora era a de dormir, todo mundo – que comeu a mesma coisa - em um quarto só, falando besteiras. Afinal, a gente é o que a gente come. Enfim, resumo do feriadão que foi bom demais.


Daqui à 13 dias tem Ponta de pedra (espero).

Beijos e mais uma vez: FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

MieL disse...

Que bom pra você porque o meu foi péssimo. Digo, sempre é péssimo T-T

Postar um comentário

Prometo que te respondo, tá? ;}